Raul Soares (MG) receberá R$ 4,6 milhões para obras de captação de água

Com investimentos de R$ 4.683.820,01, o município mineiro de Raul Soares promoverá grandes melhorias no sistema de abastecimento de água à população. Os recursos são provenientes do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC-2) e foram confirmados na semana passada, quando a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) anunciou os municípios que tiveram seus projetos selecionados para obras de saneamento básico. A cidade de Raul Soares foi contemplada com recursos para a execução da obra de captação de água bruta por gravidade. "O projeto era anseio de toda nossa equipe, pois vários trechos por onde passa a adutora de água bruta que abastece a cidade estão muito assoreados, devido às enchentes e, só neste ano, foram feitas diversas amarrações nas tubulações para evitar possíveis rompimentos", afirmou Tânia Maria Duarte, diretora do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). Tânia Duarte destaca ainda que "haverá uma melhor qualidade de água para abastecimento, pois o empreendimento será realizado no ponto próximo à Usina Hidrelétrica do Emboque, e terá uma extensão de nove quilômetros passando pelo lado direito do rio Matipó". O Saae prevê também que a obra de captação de água bruta trará benefícios inclusive para minimizar gastos com energia elétrica e na melhora da vazão de água para a cidade. Na lista divulgada pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), autarquia vinculada ao Ministério da Saúde, constam 1.013 municípios que serão atendidos com recursos da instituição para a realização de obras de abastecimento de água, esgotamento sanitário e esgotamento sanitário/solução estática. Com esse novo número, chega a 3.113 o total de cidades brasileiras com populações com menos de 50 mil habitantes beneficiadas com algum tipo de ação da Funasa no PAC 2, que inclui Sistema de Abastecimento de Água, Sistema de Esgotamento Sanitário, Sistema de Esgotamento Sanitário/Solução Estática e Projetos. O prazo para contratação dos projetos de engenharia selecionados, com vistas à celebração do termo de compromisso, de acordo com o objeto que consta no plano de trabalho aprovado por área técnica competente de cada Superintendência Estadual, será 29 de fevereiro de 2012. O PAC 2, estabelecido pelo Governo Federal, abrange o período de 2011 a 2014. A Funasa participa do PAC por meio de ações de abastecimento de água, esgotamento sanitário (soluções coletivas e estáticas) e elaboração de projetos de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Além dos municípios brasileiros com menos de 50 mil habitantes, a Funasa também beneficia - com ações de saneamento básico e melhorias sanitárias - comunidades rurais, quilombolas e aldeias indígenas, com destaque para o abastecimento de água. Os recursos previstos para estes investimentos (PAC 2/Funasa) são da ordem de R$ 4 bilhões. Nesta primeira etapa de seleção do PAC 2 serão disponibilizados R$ 2,2 bilhões para o período 2011 e 2012. Somente as ações de investimento previstas para o Semiárido totalizam R$ 222,2 milhões.