"Gatos" dão prejuízo de R$ 1,3 milhão a Cesama

JUIZ DE FORA - Ligações clandestinas na rede de abastecimento de água de Juiz de Fora, na Zona da Mata, deram um prejuízo de R$ 1,3 milhão à Companhia de Saneamento e Pesquisa do Meio Ambiente (Cesama). A empresa calcula que tenham sido gastos, irregularmente, cerca de 400 milhões de litros de água.


Os dados foram compilados entre 2009 e a última semana de janeiro. No período, foram totalizadas 616 ligações clandestinas (300 em 2009, 291 em 2010 e 25 neste ano). De acordo com o coordenador de Fiscalização e Corte da companhia, Adelmo Meireles de Oliveira, a realização de "gatos" é crime. Se for constatada a fraude, o fornecimento é interrompido imediatamente. Segundo ele, a Cesama tem parceria com a Polícia Militar. Um boletim de ocorrência é gerado imediatamente na Polícia Civil, e o infrator é chamado para prestar esclarecimentos.


A estimativa do prejuízo foi calculada considerando-se uma família de quatro pessoas com o gasto mensal de 25 mil litros de água e conta em torno de R$ 90. Mas, para a empresa, não há como contabilizar a perda real.

 

Jornal "Hoje em Dia", 10/2/2011