Frente Parlamentar de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Urbanismo é instalada na ALMG

Aproximar a Assembleia Legislativa de Minas Gerais das entidades e órgãos representativos das profissões tecnológicas, como instituições de ensino, sindicatos, clubes de engenharia, conselhos profissionais e federações de indústrias é um dos objetivos da Frente Parlamentar de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Urbanismo, instalada no dia 18 de outubro de 2011, no Salão Nobre da ALMG. A Frente, que é suprapartidária, foi uma iniciativa do deputado Paulo Lamac (PT) e conta com assinatura de 33 deputados, sendo que sete deles são engenheiros.

O deputado Paulo Lamac destacou o momento histórico vivido pela engenharia em nosso país. Ele falou que com o crescimento da demanda muitos profissionais afastados do mercado estão voltando a ativa. Ele ressaltou ainda a importância da Frente na discussão das políticas públicas para o setor e a abertura de um canal de comunicação entre governo e entidades da área tecnológica. "O crescimento do Brasil é sólido e duradouro em todas as áreas: agricultura, siderurgia, automobilística, mineração, civil, indústria do petróleo. Por isso, um conselho que posso dar aos jovens de hoje é: sejam engenheiros!".

Já o vice-presidente no exercício da Presidência do Crea-Minas, engenheiro civil Aurélio José Lara falou sobre a importância da atuação da Frente é importante para agilizar a tramitação dos projetos definidos como prioritários pela Agenda Parlamentar do Sistema Confea/Creas fortalecendo a parceria entre o nosso Conselho. Aurélio frisou que "além de defender os interesses dos profissionais da área tecnológica e contribuir para a construção de uma política de desenvolvimento para o nosso estado e para o Brasil, a Frente Parlamentar de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Urbanismo, tem o importante papel de contribuir na ampliação do diálogo social sobre políticas públicas de infraestrutura, saneamento e habitação dentre outras".

Na oportunidade, o diretor-geral da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Camillo Fraga Reis falou dos desafios Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana (PDDI) - tema do 1º Seminário da Frente Parlamentar, que será realizado em 17 de novembro de 2011.

Também estiveram presentes o vice-presidente da Fiemg, Teodomiro Diniz Camargos; o secretário Municipal de Obras e Infraestrutura de BH, Murilo Valadares; a presidenta do Instituto das Arquitetos do Brasil, Cláudia Pires; o presidente da Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos, Emílio Mouchrek, representando ainda as entidades ligadas ao sistema Confea/Creas; o presidente do Sinaenco-MG, Maurício de Lana; e o presidente da APLENA, Júlio de Marco; dentre outras.

Deputados que assinaram a petição de criação da Frente proposta pelo deputado Paulo Lamac: Adelmo Carneiro Leão, Ana Maria Resende, Anselmo José Domingos, Bonifácio Mourão, Bruno de Freitas Siqueira, Carlin Moura, Carlos Henrique, Celinho do Sinttrocel, Célio Moreira, Délio Malheiros, Doutor Viana, Elismar Prado, Fabiano Tolentino, Fábio Cherem, Gustavo Corrêa, Gustavo Valadares, Hélio Gomes, Ivair Nogueira, João Vítor Xavier, Juninho Araújo, Luzia Ferreira, Maria Tereza Lara, Neider Moreira, Rogério Correia, Romel Anízio, Sargento Rodrigues, Rômulo Viegas, Rômulo Victor Pinheiro Veneroso, Sávio Souza Cruz, Tadeu Martins Leite, Vanderlei Miranda, Zé Maia.