IBGE publica atlas do saneamento 2011


O Atlas de Saneamento 2011 lançado, no último dia 19, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que persistirem as diferenças regionais na prestação dos serviços de esgotamento sanitário, abastecimento de água, manejo de águas pluviais e resíduos sólidos, mas que houve avanços em relação aos anos anteriores. O estudo faz uma leitura territorial dos dados da Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2008, estabelecendo uma visão articulada das diferenças regionais existentes naquele ano no que se refere à distribuição, abrangência e qualidade dos serviços de saneamento presentes nos municípios brasileiros. No caso das redes coletoras de esgoto, por exemplo, houve melhora nas áreas urbanas em especial no litoral e nas áreas de influência imediata das capitais estaduais, além das cidades médias. Por outro lado, extensas áreas do território nacional tiveram baixos registros de melhorias e ampliações no sistema, apesar de apontarem crescimento absoluto de população. O Atlas 2011 está disponível no link: ftp://geoftp.ibge.gov.br/Atlas/atlas_saneamento_2011.zip.