Construção de ETE em São Gonçalo do Abaeté será debatida

Uma polêmica envolvendo a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no município de São Gonçalo do Abaeté (Noroeste de Minas) será o tema de uma audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A reunião acontece na terça-feira (25/10/11), às 10 horas, no Plenarinho I, e atende a requerimento do deputado Vanderlei Miranda (PMDB).

De acordo com informações do gabinete do deputado, o problema não é a construção da ETE, mas sim a sua localização. Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o município, a Copasa e o Ministério Público prevê que a obra será realizada dentro do Clube dos Piraquaras, no bairro Beira Rio, situado no limite de São Gonçalo do Abaeté com Três Marias.

A assessoria do parlamentar informa que os sócios do clube e os próprios moradores do bairro estão insatisfeitos e alegam que a cidade tem outros locais mais apropriados para que a ETE seja instalada. O deputado pretende ouvir as autoridades e demais pessoas envolvidas no problema para tentar buscar uma solução negociada.

Convidados - Foram convidados para a reunião o procurador-geral de Justiça do Estado de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques; o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães Chaves; o presidente da Copasa, Ricardo Augusto Simões Campos; o prefeito de São Gonçalo do Abaeté, Fabiano Magella Lucas de Carvalho; o presidente, o vice e o tesoureiro do Clube dos Piraquaras, Waldemar Stein, Willer Martinez e Benjamin Alves Rabello Filho, respectivamente.