Copasa garante saneamento básico em municípios mineiros

A Copasa vem realizando um grande trabalho no saneamento básico nas cidades onde atua. Prova disso é o índice de atendimento da empresa que vem crescendo em grande velocidade nos últimos anos.
Estudos recentes apontam que mais de 54% dos domicílios brasileiros não contam com os serviços de coleta de esgoto. De todas as regiões brasileiras, a região Sudeste é a única onde mais da metade dos domicílios tem acesso à rede de esgoto. E a Copasa tem papel fundamental nesse processo, já que 100% das cidades atendidas pela empresa com os serviços de esgotamento sanitário, em Minas Gerais, contam com o sistema de esgoto, onde o índice de atendimento supera a 83% dos domicílios.

Quando o assunto é tratamento de esgoto, a Copasa também se destaca. Enquanto a pesquisa aponta que apenas 23% dos municípios mineiros contam o tratamento dos seus esgotos, 47% das cidades atendidas pela empresa com os serviços de esgotamento sanitário já tem o seus esgotos tratados, ou seja, mais que o dobro do índice do Estado.

Atualmente, a Copasa atende mais de 13 milhões de pessoas com os serviços de água, nos 605 municípios onde a empresa opera esses serviços. Com os serviços de esgoto, a empresa atende cerca de 8 milhões de pessoas em 167 municípios. Até 2013 a Copasa espera estar presente em 650 municípios mineiros com os serviços de abastecimento de água e em 378 com os serviços de esgotamento sanitário.

O avanço no tratamento de esgoto é outro marco na Copasa. De 2003 para cá, este índice passou de 26,5% do volume coletado para mais de 58%. E até 2013 passará para 83%. Hoje, a Copasa conta com 115 estações de tratamento de esgoto (ETE) em operação. Outras 78 já estão em obras, 34 ETEs projetadas para serem construídas, e dez ETEs em licitação.
Esse resultado mostra o esforço do Governo de Minas Gerais que, por intermédio da Copasa, vem trabalhando na melhoria da infraestrutura e das condições de saúde do Estado, promovendo ainda mais o desenvolvimento econômico e social dos mineiros.

Para garantir essas melhorias estão sendo realizados grandes investimentos em saneamento no Estado. De 2003 até final de 2011, os investimentos da Copasa ultrapassarão a casa dos R$ 6,5 bilhões. Desse montante, mais de R$ 4 bilhões estão sendo aplicados na ampliação e melhoria dos serviços de esgotamento sanitário nas cidades onde a empresa atua. No sistema de abastecimento de água os investimentos são da ordem de R$ 2,5 bilhões.

Os resultados que têm sido alcançados pela Copasa a transformaram em referência de excelência para o Saneamento no Brasil. Isso permitiu que a empresa criasse uma subsidiária que pudesse atender as regiões mais carentes do Estado. Foi então que, em 2007, o Governo de Minas criou a Copanor - Copasa Serviços de Saneamento Integrado do Norte e Nordeste S/A, com o objetivo de aumentar o índice de atendimento de água e esgoto e reduzir a taxa de mortalidade infantil das comunidades da região Norte do Estado e dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri, Buranhém, Itanhém e Jucuruçu.

A Copanor está cumprindo o seu papel de levar os serviços de saneamento de qualidade e tarifas compatíveis à realidade socioeconômica das localidades com população entre 200 e 5000 habitantes. Desde a sua criação, o avanço da Copanor tem sido visível: já são 154 localidades atendidas, beneficiando mais de 208 mil mineiros. Várias pessoas passaram a ter módulos sanitários com banheiro, tanque e chuveiro em suas residências que não contavam com este mínimo de infraestrutura.

Em 2011, a empresa vai expandir ainda mais seus serviços. Até o final do ano, mais 41 localidades serão contempladas com serviços de saneamento. Com isso, 226 mil pessoas serão atendidas pela Copanor, e as famílias que residem nessa região, serão beneficiadas com melhor qualidade de vida.