Fontes renováveis representam 45% da energia nacional

O chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agroenergia, José Manuel Dias, disse na última quinta-feira (6), durante audiência pública para avaliar o 1º Plano Nacional de Agroenergia e de Microdestilarias, válido entre 2006 e 2011, que as fontes renováveis representaram no ano passado 45,4% da oferta total de energia no Brasil. O petróleo e seus derivados corresponderam a 38% do montante energético.

A audiência foi promovida pela subcomissão permanente sobre energias alternativas e renováveis. A agroenergia é obtida a partir de produtos agropecuários e florestais e tem o objetivo de diminuir a dependência do petróleo e reduzir a emissão de gases poluentes.

Dias afirmou que a utilização de fontes renováveis no país é muito superior à média global, que gira em torno de 12% da oferta total. Segundo ele, as principais metas do plano estão sendo cumpridas, incluindo a redução comprovada da circulação de gases que provocam o efeito estufa.

Entre as experiências bem sucedidas relatadas por Dias está o programa de biodiesel (produzido a partir da soja, do pinhão-manso, do dendê e outras oleaginosas).

"Hoje, todo óleo diesel que é comercializado no país tem 5% do biodiesel", lembrou Dias.