Convênio entre Projeto Manuelzão e Prefeitura de Belo Horizonte terá como foco o planejamento para região que integra Vetor Norte

Nessa segunda, dia 3, o Projeto Manuelzão firmou parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte para a elaboração de planos e ações que contemplem a revitalização de microbacias de Belo Horizonte. O foco dessa atividade será na Bacia do Ribeirão Isidoro, região que sofrerá uma forte intervenção urbana (Ver matéria Operação de Risco, Revista 61). A Bacia está na região Norte de BH, possui 280 nascentes e 64 córregos que deságuam no Ribeirão do Onça.

A idéia é que o Manuelzão, juntamente com a Prefeitura e outras entidades que lidam com gestão de recursos hídricos, como os subcomitês, elaborem planos que permitam uma urbanização mais aceitável ambientalmente, como por exemplo, deixando o solo permeável e não canalizando os córregos. Os planos devem abordar a preservação das águas, das matas ciliares, os tipos de ocupações urbanas, deposição de resíduos e outras questões relacionadas aos cuidados com as bacias hidrográficas.

De acordo com o coordenador do Projeto, Thomaz da Matta Machado, essa é uma boa oportunidade para pensar e propor soluções para a poluição difusa e ainda para construções ambientalmente corretas. Ele ressalta que a atividade é importante para que os integrantes dos Núcleos Manuelzão tenham uma participação efetiva nesse planejamento. Para o coordenador e idealizador do Projeto Manuelzão, Apolo Heringer, apesar de o foco ser no Isidoro, a ação vai permitir a construção de uma mobilização em toda Belo Horizonte. As propostas devem ser desenvolvidas o quanto antes e serem postas em prática até o segundo semestre de 2012.