Seminário faz avaliação do Programa Bolsa Verde

Instituto Estadual de Florestas (IEF), entidade que integra o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema), promove, no próximo dia 27 de outubro, no Auditório do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) (Rua Espírito Santo, 495, 4º andar, Centro, Belo Horizonte/MG), o Seminário de Avaliação da Implementação do Programa Bolsa Verde (2010/2011). O evento contará com a participação de servidores da entidade, tanto da sede como do interior, e também de instituições parceiras e atores diretos em sua operacionalização.

O Programa iniciou o cadastramento dos interessados no benefício, , em março de 2010, logo após a aprovação do "Bolsa Verde - Manual de Princípios, Critérios e Procedimentos para a implementação da Lei Estadual 17.727, de 13 de agosto de 2008".

Durante o último ano, o IEF e parceiros receberam aproximadamente 2.600 solicitações, apresentadas individual ou coletivamente, das quais 978 foram aprovadas pelo Comitê Executivo do Programa, gerando conservação de cerca de 32 mil hectares de área de cobertura vegetal nativa.

No Seminário serão discutidas as políticas públicas de pagamentos por serviços ambientais, os resultados alcançados pelo Programa Bolsa Verde e a busca por identificar as principais dificuldades e obstáculos enfrentados em sua implementação. A dinâmica do evento contemplará apresentações do diretor geral do IEF, Marcos Ortiz, do Secretário-Adjunto de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Paulo Afonso Romano, de representantes da Secretaria Executiva do Programa, responsável direta pela execução do Bolsa Verde com a colaboração permanente das unidades desconcentradas do IEF no interior de Minas Gerais (Escritórios Regionais, Núcleos/Centros Operacionais/Agências Especiais e Agências Avançadas) e dos membros do Comitê Executivo.

De acordo com Carlos José Andrade Silveira, analista ambiental da Diretoria de Desenvolvimento e Conservação Florestal (DDCF), o Seminário é uma iniciativa fundamental para a avaliação da efetividade do Programa, a constatação dos benefícios ambientais pelos quais se remunerou e a atuação do Comitê Executivo do Programa em prol da melhoria socioambiental em Minas. Já para a especialista em políticas públicas e governamental Lauanda Avelar, a prevenção de erros e a orientação quanto à forma mais adequada de pleitear os recursos do Bolsa Verde são considerados os maiores ganhos.

Evento: 1º Seminário de Avaliação da Implementação do Programa Bolsa Verde

Data: 27.10.2011

Horário: 8 às 17 horas

Local: Auditório do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) - Rua Espírito Santo, 495, 4º andar, Belo Horizonte/MG