Eficiência no saneamento

A Light está investindo R$ 29 milhões em um programa de eficiência energética em estações da Cedae, empresa fluminense de água e esgoto. A unidade de tratamento do Guandu foi a primeira a receber investimento de R$ 20 milhões em modernização e automação de equipamentos. O processo deve gerar uma economia de 19 mil MWh/ano, o correspondente a cerca de R$ 3,6 milhões.

Outros R$ 9 milhões serão investidos em outras quatro unidades da Cedae, uma economia total prevista de 10,9 mil MWh/ano. São elas: Estação Elevatória de Esgotos André Azevedo, em Copacabana; Estação de Elevatória de Água Guaicurus, no Rio Comprido; Estação de Elevatória de Água Acari e Estação de Elevatória de Água do Juramento, em Vicente de Carvalho.

O investimento faz parte do programa obrigatório de eficiência energética da Light.