Cacique Raoni desembarca na França para mobilizar europeus contra Belo Monte

O líder caiapó Raoni Txucarramãe participará de uma série de atividades com o objetivo de mobilizar os europeus contra a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará. Ele desembarcou hoje (19) no aeroporto Charles de Gaulle, nos arredores de Paris, na França, para uma visita que deve acontecer até o fim de setembro.

O cacique viajou a convite de uma organização ambiental, responsável por realizar um abaixo-assinado que coletou mais de 100 mil assinaturas de pessoas contrárias à obra da usina. Os livros com as assinaturas foram entregues ao índigena ainda no aeroporto francês. Durante sua visita o líder caiapó se encontrará com o ex-presidente da França, Jacques Chirac.

Polêmica

Belo Monte é o maior empreendimento energético do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e terá potência instalada de 11,2 mil megawatts. O lago da hidrelétrica deverá inundar área de 516 quilômetros quadrados. O projeto é alvo de contestações de ambientalistas e movimentos em defesa dos direitos humanos, que acreditam que a construção da hidrelétrica irá provocar diversos impactos socioeconômicos e perdas ambientais na região.