CSN multada em R$ 20 mi por poluir rio

Rio de janeiro. A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) foi multada ontem em R$ 20,16 milhões, pelo vazamento de 2 milhões de litros de resíduos de carvão mineral no rio Paraíba do Sul, em Volta Redonda, no interior fluminense. O derramamento do material altamente tóxico ocorreu em 27 de novembro. A multa foi aplicada pelo Conselho Diretor do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão executivo da Secretaria Estadual do Ambiente (SEA).


O vazamento, cuja origem levou três horas para ser descoberta, aconteceu na estação de tratamento de efluentes do Alto Forno 2 da CSN. O acidente fez com que a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) a suspender a captação de água em duas de suas estações. O Inea utilizou como base para aplicar a multa os danos ambientais ao rio Paraíba do Sul.

Jornal "O Tempo", 10/12/2010