Município de Cataguases terá esgoto tratado pela Copasa

O secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, representando o governador Antonio Anastasia, autorizou a Copasa a dar início ao processo de contratação dos empreendimentos para implantação de um moderno sistema de esgotamento sanitário em Cataguases, onde será investido cerca de R$ 52 milhões, beneficiando mais de 90 mil pessoas do município.

O secretário juntamente com o presidente da Copasa, Ricardo Simões, e o prefeito municipal, William Lobo de Almeida, assinaram o Contrato de Programa, válido para 30 anos, para renovação da concessão dos serviços de abastecimento de água da sede e dos distritos de Sereno e Vista Alegre, bem como assumir o abastecimento dos distritos de Aracati, Cataguarino, Glória.

Ainda pelo contrato, a Copasa assume a concessão dos serviços de esgotamento sanitário da cidade de Cataguases e dos distritos, ambos por um período de 30 anos.

Os recursos serão destinados para a implantação de sistemas de captação, adução, tratamento, reservação e distribuição de água tratada, bem como das redes coletoras e interceptoras para transportar os esgotos até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que será construída no município para dar disposição final adequada aos esgotos gerados.

Na ocasião, Ricardo Simões garantiu que Cataguases terá nos serviços de esgotamento sanitário o mesmo padrão de qualidade de abastecimento da água já conhecido pela população.

Esta parceria entre o Governo do Estado, por intermédio da Copasa, e a prefeitura municipal de Cataguases visa melhorar as condições de saúde no município e a infraestrutura urbana, bem como contribuir para a recuperação e preservação das águas do Rio Pomba, beneficiando a bacia do Rio Paraíba do Sul, atraindo novos investimentos industriais e comerciais para a cidade.

Também estiveram presentes na solenidade o diretor de Operação Centro Leste da Copasa, Valério Máximo Gambogi Parreira, lideranças e representantes políticos da região.