UFMG lança site com mapeamento de conflitos ambientais

Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) lançaram ontem o Mapa de Conflitos Ambientais de Minas Gerais. O site, resultado do trabalho do Grupo de Estudos em Temáticas Ambientais (Gesta), reúne informações sobre grupos envolvidos em conflitos ambientais[/TEXTO_NORMAL] em todo o Estado.


A intenção do site, de acordo com a coordenadora do Gesta, Andréa Zhouri, é que o material sirva como auxílio na criação de políticas públicas de enfrentamento a problemas das minorias. "A intenção é dar visibilidade aos conflitos e grupos sociais atingidos por atividades hegemônicas que se apropriam do espaço em Minas Gerais", explicou a professora.


Entre os grupos tratados no estudo estão quilombolas expulsos de suas terras devido à plantação de eucaliptos, ribeirinhos prejudicados pela mineração, moradores desalojados por grandes obras. O trabalho registrou cerca de 540 casos de conflitos coletivos no Estado na última década.


Parceria. O estudo é fruto de três anos de pesquisa e contou com parcerias com a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).