Antonio Anastasia inaugura obras e anuncia novos investimentos em Divinópolis

O governador Antonio Anastasia participou, nesta quarta-feira (01/06), das comemorações pelos 99 anos de emancipação política e administrativa de Divinópolis (Centro-Oeste). Durante a visita, o governador autorizou investimento de R$ 160 milhões em saneamento, por meio da Copasa.
"Divinópolis é uma cidade que está crescendo muito e o Governo do Estado está aqui presente para dizer que vamos trabalhar integrados, mais ainda. Hoje estamos assinando documentos na área de saneamento muito importantes para a melhoria das condições ambientais do Rio Itapecerica, que é um grande patrimônio ambiental não só de Divinópolis, mas de todo o Oeste de Minas Gerais. Ao mesmo tempo, fazendo aqui outras ações importantes a favor do município. Fico muito orgulhoso como governador de Minas de estar aqui, como digo e repito, em nome dos mineiros, dando parabéns a Divinópolis na certeza de que esta cidade, até pela sua tradição ferroviária, é uma das locomotivas de Minas Gerais", disse Antonio Anastasia, em entrevista.

Dos recursos autorizados pelo governador, R$ 140 milhões autorizados pelo governador terão como finalidade a contratação, pela Copasa, de projetos de engenharia que permitirão a implantação de um moderno sistema de tratamento de esgotos em Divinópolis, um importante passo para a recuperação e proteção dos rios Itapecerica e Pará. Para que toda a cidade tenha esgoto coletado e tratado, serão construídas três Estações de Tratamento de Esgotos (ETE); implantadas 40 estações de bombeamento e 87 mil metros quadrado de redes coletoras e interceptoras.

Essa é uma das principais reivindicações da população local. As obras vão beneficiar os cerca de 200 mil habitantes do município e os rios da região. Entre eles está o rio Itapecerica que percorre uma extensão de 29 km em Divinópolis, recebendo grande parte do esgoto gerado no município, sem qualquer tratamento.

O restante dos recursos será aplicado em obras de ampliação e melhorias do sistema de produção de água, implantação de novas adutoras e estações de bombeamento, aumentando em quantidade e qualidade a oferta de água para a população.