Comissão aprova preservação das muralhas de BH

O PL 1.587/11, de autoria dos vereadores Adriano Ventura (PT) e Daniel Nepomuceno (PSB), foi aprovado em 1º turno pela Comissão de Educação da Câmara Municipal de Belo Horizonte, nesta quarta-feira (25/05). O projeto dispõe sobre o tombamento das "muralhas" de Belo Horizonte.

As "Muralhas de Belo Horizonte" são um muro de pedra, de valor histórico, de mais de dois quilômetros, localizado no limite leste de Belo Horizonte, na divisa com Sabará e Nova Lima. Segundo os vereadores, a proposta visa à educação ambiental, à pesquisa, ao desenvolvimento de estudo do ecossistema, à visitação turística, à recreação e ao lazer.

O projeto, que deverá ser coordenado pelo Poder Executivo, garante a restauração, recomposição e preservação do sitio histórico e arqueológico do muro, construído por escravos por volta de 1770. Para sua implementação estão previstas parcerias com proprietários, setor público, sociedade civil, centros de pesquisa e faculdades.