Oficina avalia Proágua Nacional

Representantes de Minas Gerais e de todos os estados do Nordeste, exceto a Bahia, compareceram à sede da Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília, para a Oficina de Avaliação do Programa Nacional de Desenvolvimento dos Recursos Hídricos (Proágua Nacional). O evento visou a avaliar a execução do Programa, destacando as atividades realizadas, os resultados e as lições aprendidas por meio do Proágua Nacional.

A iniciativa permitiu a consolidação de instrumentos de gestão de recursos hídricos e o fortalecimento do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (Singreh), principalmente no Nordeste. O objetivo do Proágua Nacional foi contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população, especialmente nas regiões menos desenvolvidas do País, por meio do planejamento e da gestão dos recursos hídricos - juntamente com a expansão e otimização da infraestrutura hídrica para se garantir a oferta sustentável de água em quantidade e qualidade adequadas aos usos múltiplos.

Também estiveram presentes na reunião de 13 de maio representantes da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente (SRHU/MMA) e da Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional (SHI/MI), além da própria ANA, que foi representada pelo diretor Paulo Varella.

Saiba mais sobre o Proágua Nacional em http://proagua.ana.gov.br/proagua.