Feira da União marca encerramento do Projeto Sumidouro

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustável (Semad) e a Associação do Circuito Turístico das Grutas realizaram, no último sábado (07), o encerramento do Projeto Sumidouro: Abraçando o Nosso Parque, que visa promover o desenvolvimento social e econômico nas comunidades do entorno do Parque Estadual do Sumidouro, em Pedro Leopoldo, Minas Gerais.

O término do projeto foi marcado pela Feira da União, com apresentações de grupos culturais com artistas locais, exposição de trabalhos artesanais e venda de produtos alimentícios feitos, de forma tradicional, por alunos e pessoas das comunidades do entorno do parque. Eles receberam informações e dicas sobre a qualidade dos produtos, modo de produção e marketing.

Durante a Feira, também foram realizadas saídas para as trilhas do parque. Essas trilhas foram guiadas por condutores formados pelo curso para Formação de Condutores Ambientais e para a Formação de Empreendedores para o Turismo.

Como resultado, o projeto contemplou, diretamente, mais de 200 moradores e mais de 400 pessoas, indiretamente. Essas pessoas receberam informações sobre a atividade turística de base comunitária e sobre como empreender para o turismo.

Além disso, foi criado um Núcleo Gestor no Sumidouro para continuar o projeto durante todo o ano. Esse núcleo ficará responsável por não deixar o trabalho parar bem como para continuar gerindo as ações criadas ao longo do desenvolvimento do Projeto Sumidouro.

O parque

O Parque Estadual do Sumidouro está localizado nos municípios de Lagoa Santa e Pedro Leopoldo. Com uma área total de mil e trezentos hectares, a unidade de conservação foi criada na década de 1980 com o intuito de preservar o patrimônio cultural e natural existente na região.

Os principais atrativos do Parque são as 52 cavernas cadastradas e cerca de 170 sítios arqueológicos históricos e pré-históricos. A vegetação no local é composta de mata de galeria, cerrado e vegetação rupícola.