Em 2010, o volume de resíduos gerados no país aumentou mais que a população brasileira

Minas produz todos os dias 17 mil toneladas de lixo urbano. Desse total, 36,9% - o que equivale a 6.200 toneladas por dia - não recebe tratamento. É o que indica o estudo ‘Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2010', realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, divulgado nesta semana. 63,1% do lixo mineiro vão para aterros sanitários ou controlados. O restante, as 6.200 toneladas diárias, é levado para lixões ou nem chega a ser recolhido. Segundo a pesquisa, o Brasil gerou quase 61 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos em 2010. Isso significa que, em média, cada brasileiro produziu 378 kg de lixo no período de um ano. O volume total de lixo foi seis vezes maior do que o índice de aumento da população brasileira no mesmo período. O estudo também indica que a região Sudeste é responsável por mais da metade de todo o lixo gerado no país (53,1%).