Seminário discute população e espaço na mudança ambiental

Nos dias 28 e 29 de abril, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) sedia o seminário internacional "População e espaço na mudança ambiental: cidades, escalas e mudanças climáticas". A atividade integra a Semana Daniel Hogan, que homenageia o pesquisador falecido há um ano, e é organizada pelo Núcleo de Estudos de População (Nepo) e o Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), da Unicamp, e pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Mudanças Climáticas e Rede CLIMA, com sede no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Durante o seminário, organizado por Ricardo Ojima, coordenador do subprojeto Megacidades, do INCT para Mudanças Climáticas, serão abordados dois subprojetos liderados pelo pesquisador Carlos Nobre, do INPE, e nos quais Hogan era responsável pelas dimensões humanas, especialmente sobre urbanização e cidades. A partir deste encontro, será organizado um livro com a participação de pesquisadores de várias instituições do país.

No dia 28 pela manhã, haverá uma mesa-redonda intitulada "População e espaço: o desafio das escalas na compreensão da mudança ambiental". À tarde, a sessão temática apresenta "Abordagens teóricas e metodológicas em população, espaço e ambiente". No dia 29, pela manhã, haverá a sessão "Mudanças climáticas e cidades: temas emergentes" e, encerrando o evento, à tarde, a mesa-redonda "Urbanização e mudanças climáticas: entre mitigação e adaptação nas políticas urbanas".

Foram convidados pesquisadores de outras universidades do país e também especialistas internacionais: Sébastien Oliveau, da Universidade de Provence, e Alex De Sherbinin, da Columbia University. As inscrições para o seminário são gratuitas.