Após polêmica, Arezzo recolhe coleção

A Arezzo decidiu retirar ontem de suas lojas a recém-lançada coleção Pelemania, que traz roupas e acessórios com peles raposa, coelho e ovelha, após sofrer críticas de internautas em redes sociais.

"Não entendemos como nossa responsabilidade o debate de uma causa tão ampla e controversa. Um dos nossos principais compromissos é oferecer as tendências de moda de forma ágil e acessível aos nossos consumidores", disse a companhia, em comunicado. "Por respeito aos consumidores contrários ao uso desses materiais, estamos recolhendo em todas as nossas lojas do Brasil as peças com pele exótica".

No Twitter, a empresa foi acusada de maus tratos aos animais e ameaça de boicote. "Não é justo que a natureza sofra por causa das vontades mesquinhas de alguns", disse Lilian Fischer.
Outros saíram em defesa da marca, como Jhonatas Geraldelli: "a hipocrisia reina. O povo continua ‘metendo pau’ na #arezzo e tá lá usando sapato de couro e se acabando no espeto de picanha".